Casa nº 126

Conde Alessandro Siciliano

Alessandro Vincenzo Siciliano com um título de Conde herdado de seu pai, confirmado pelo Papa Pio XI, foi industrial, um dos donos da Companhia Mecânica e Importadora, e banqueiro. Propôs, em 1903, um consórcio de exportadores de café que levantariam fundos com banqueiros europeus para financiar a retenção de estoques, para conter a queda nos preços e promover a valorização do produto. Adotada pelo Governo de São Paulo, essa proposta se materializaria no chamado Convênio de Taubaté, em 1906, um acordo entre os governos de São Paulo, Minas e Rio de Janeiro, os três maiores produtores.

Entre os decendentes dessa família está a ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy.

A casa foi projetada pelo escritorio de Ramos de Azevedo primeiro para Luiz Anhaia mas efetivamente construido pela família Siciliano.

 

O projeto mais uma vez foi do escritório de Ramos de Azevedo em 1896 , segundo Benedito Lima de Toledo o projeto original seria para o Sr. Luiz Anhaia.

   Visualização   Localização

Atual Av. Paulista 807

Siciliano005